Ciência em Casa
Pipocas no laboratório
Ciência em Casa

Material

      Grão de milho para pipocas.
      Goblé.
      Lamparina de álcool.
      Tripé.
      Rede.
 
Compostos

      Óleo de cozinha.
      Álcool etílico.
 
Vídeo:  
download1.avi   (384 KB)



Fotos:  








Procedimento

     1. Verte um pouco de óleo no goblé. (o óleo deve cobrir toda a superfície da base do goblé, tendo uma espessura igual a cerca de dois milímetros)

     2. Coloca o goblé no aquecimento.

     3. Deita quatro grãos de milho no goblé com óleo. (tem cuidado com o vidro e com o óleo. Estes podem causar-te queimaduras graves)

     4. Cobre o topo do goblé com parte de uma folha de papel. (este passo é para evitar que as pipocas te saltem para cima!)

     5. Observa as pipocas a estalar. Que grande espectáculo!
 
O porquê?

A partir desta experiência podemos concluir que os grãos de milho para pipocas são autênticos grãos bomba! Os grãos de milho são constituídos por uma camada externa rígida chamada pericarpo e por amido e água no seu interior. Quando a temperatura aumenta, a água sofre uma expansão, ou seja, passa a ocupar um volume superior ao inicial. Como consequência disto, a pressão no interior do pericarpo aumenta gradualmente à medida que a água ocupa uma maior volume. Num determinado instante, a pressão é tão elevada que o pericarpo cede, isto é, a pressão é suficiente para que o pericarpo expluda! Por sua vez, o amido contido inicialmente no interior do pericarpo sofre uma expansão brusca, transformando-se num sólido poroso, branco e delicioso. Prova e vais ver que tenho razão.





As 5 melhores História do site Ligações interessantes Regras de segurança Contacto English version
Todos os direitos reservados. Copyright © 1999-2003 Ciência em Casa - Vasco Silva.
Nenhuma parte deste site pode ser reproduzida sem prévia autorização.
Por favor informe-me se houver algum problema no site.